Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
https://tecnologiammm.com.br/article/doi/10.4322/2176-1523.20191793
Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
Artigo Original

SIMULAÇÃO DE ANÁLISE DE INVESTIMENTO PARA INSTALAÇÃO DE UMA PEDREIRA NO MUNICÍPIO DE CATALÃO/GO

INVESTMENT ANALYSIS SIMULATION FOR INSTALLATION OF A QUARRY IN THE MUNICIPALITY OF CATALÃO/GO

Marcos Vinicius Agapito Mendes, Andressa Cristina Costa Reis, Bruna de Oliveira Teodoro, Eskarlet Amorim Rizzo, Flávio Augusto Santos e Sousa

Downloads: 0
Views: 134

Resumo

Após períodos turbulentos nos últimos anos, os setores de mineração e construção civil apresentaram considerável recuperação em 2017. Consequentemente, a comercialização de agregados para construção reaquece, principalmente em cidades com alta taxa de crescimento, destacando-se a cidade de Catalão no interior do estado de Goiás. O município apresenta-se entre os maiores PIBs do estado. Diante desta situação, este estudo tem como objetivo realizar a simulação de uma análise de investimento para instalação de uma pedreira na região de Catalão/GO. O primeiro passo consistiu na determinação da produção necessária, obtida em função do consumo de agregado (brita) na região. Na sequência, foi definido e dimensionado os equipamentos necessários a lavra do material, elaborado o fluxograma do beneficiamento do material e estabelecido do balanço de massas em função da produção horária necessária, permitindo a seleção e dimensionamento dos equipamentos de usina. Uma cotação dos custos para aquisição dos equipamentos foi realizada junto aos fabricantes. O passo seguinte consistiu em definir custos com insumos, mão de obra, obras de alvenaria e infraestrutura necessárias. Os dados permitiram a elaboração de gráficos com cenários diferentes de retorno do investimento inicial. Os resultados apresentados pelos cenários 2 e 6 foram melhores que os demais. Entretanto, cada um possui características particulares que devem ser levadas em consideração, as quais dependem do perfil de investimento almejado.

Palavras-chave

Simulação; Avaliação econômica; Pedreira.

Abstract

After turbulent periods in recent years, the mining and construction sectors showed a considerable recovery in 2017. As a result, the commercialization of construction aggregates reheats, especially in cities with high growth rates, especially in the city of Catalão in the interior of the state of Goiás. The municipality is among the largest PIBs in the state. Given this situation, this study aims to simulate an investment analysis for the installation of a quarry in the region of Catalão/GO. The first step was to determine the production required, as a function of aggregate consumption (gravel) in the region. After that, the equipment needed to surface mining was defined and dimensioned, the flow chart for the material processing was established and the mass balance was established as a function of the hourly production required, allowing the selection and sizing of the plant equipment. A quotation of the costs for equipment acquisition was made with the manufacturers. The next step was to define costs with inputs, labor, masonry and infrastructure needed. The data allowed the elaboration of graphs with different scenarios of return of the initial investment. The results presented by scenarios 2 and 6 were better than the others. However, each one has particular characteristics that must be taken into account, which depend on the desired investment profile.

Keywords

Simulation; Economic evaluation; Quarry

Referências

1 Christmann RA. Análise de investimentos – um sistema de apoio à decisão [monografia]. Lajeado: Centro Universitário Univates, 2009. [acesso em 18 abr. 2018]. 87 p. Disponível em: https://www.univates.br/bdu/handle/10737/588

2 Puccini EC. Matemática financeira e análise de investimentos. Florianópolis: UAB; 2011.

3 Jesus JNP, Souza CA, Dalfior VAO. Fluxo de caixa como instrumento de gestão. In: Associação Educacional Dom Bosco. Anais do XII SEGeT – Simpósio de excelência em gestão e tecnologia; 28, 29 e 30 de outubro de 2015; Rezende/RJ, Brasil. Rezende: AEDB, 2015 [acesso em 18 abr. 2018]. Disponível em: https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos15/512247.pdf

4 Gimenes AA, Francisco DF, Silva ETG. Fluxo de caixa. In: Centro Universitário Católico Salesiano. Anais do III Encontro Científico e Simpósio de Educação Unisalesiano; 2011 Outubro 17-21; Lins, Brazil. Lins: UNISALESIANO, 2011 [acesso em 18 abr. 2018]. Disponível em: http://www.unisalesiano.edu.br/simposio2011/publicado/artigo0081.pdf

5 Pivetta G. A utilização do fluxo de caixa nas empresas: Um modelo para a pequena empresa. Revista Eletrônica de Contabilidade, 2005 [acesso em 18 abr. 2018]; 1(2). Disponível em:
6 Instituto Brasileiro de Mineração – IBRAM. Portal da mineração. Belo Horizonte: IBRAM; 2018 [acesso em 18 abr. 2018]. Disponível em: http://portaldamineracao.com.br/wp-content/uploads/2018/02/economia-mineralbrasil-mar2018-2.pdf?x73853

7 Quaresma LF. Relatório técnico 30: Perfil de brita para construção civil. Belo Horizonte: J. Mendo Consultoria; 2009 [acesso em 18 abr. 2018]. Disponível em: http://www.jmendo.com.br/wp-content/uploads/2011/08/P22_RT30_ Perfil_de_brita_para_construxo_civil.pdf

8 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Censo demográfico. Rio de Janeiro: IBGE; 2018 [acesso em 13 abr. 2018]. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas-novoportal/sociais/saude/9662-censodemografico-2010.html?=&t=resultados

9 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Estimativas da população. Rio de Janeiro: IBGE; 2018 [acesso em 13 abr. 2018]. Disponível em: ftp://ftp.ibge.gov.br/Estimativas_de_Populacao/Estimativas_2016/estimativa_dou_2016_20160913.pdf

10 Instituto Mauro Borges de Estatística e Estudos Socioeconômicos – IMB. Produto interno bruto dos municípios goianos. Goiânia: IMB; 2018 [acesso em 13 abr. 2018]. Disponível em: http://www.imb.go.gov.br/

11 Britanite. Densidade média de materiais. São Paulo: Britanite; 2018 [acesso em 18 abr. 2018]. Disponível em: http://www.integracenter.com.br/portfolio/britanite/densidade.html

12 Máquinas BRASIF. [página da internet]. [acesso em 10 abr. 2018]. Disponível em: http://www.brasifmaquinas.com.br/

13 Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás – SINDUSCON-GO. Custos unitários básicos de construção. Goiânia: SINDUSCON-GO; 2018 [acesso em 8 mar. 2018]. Disponível em: http://www.sinduscongoias. com.br/arquivos/download/cub/cub-fevereiro-2018.pdf

14 Britago [página da internet]. [acesso em 10 abr. 2018]. Disponível em: http://britago.com.br/

15 Pedreira Goiás [página da internet]. [acesso em 10 abr. 2018]. Disponível em: http://www.pedreiragoias.com.br/

16 Banco Central do Brasil. Histórico das taxas de juros. Brasília: BCB; 2018 [acesso em 14 abr. 2018]. Disponível em: https://www.bcb.gov.br/Pec/Copom/Port/taxaSelic.asp

5de943870e8825a50be31d42 tmm Articles
Links & Downloads

Tecnol. Metal. Mater. Min.

Share this page
Page Sections