Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
https://tecnologiammm.com.br/article/doi/10.4322/2176-1523.20201746
Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
Artigo Original

INFLUÊNCIA DA RAZÃO ÓLEO/ÁGUA EM FLUIDOS DE PERFURAÇÃO SINTÉTICOS DESENVOLVIDOS COM EMULSIFICANTE NATUR

OIL/WATER RATIO INFLUENCE IN SYNTHETIC DRILLING FLUIDS PRODUCED WITH NATURAL EMULSIFIER

José Carlos Matias Mendonça, Renalle Cristina Alves de Medeiros Nascimento, Luciana Viana Amorim

Downloads: 0
Views: 101

Resumo

Dentro da indústria do petróleo, são fortes as críticas ao uso e descarte de fluidos de perfuração sintéticos, visto que alguns de seus componentes são de caráter tóxico. Visando contornar este impasse, busca-se alterar suas formulações através dos aditivos. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do emulsificante natural, ambientalmente correto, em diferentes formulações de fluidos de perfuração sintéticos. Para tanto, foram formulados fluidos com diferentes concentrações de emulsificante e razão óleo/água e determinados os parâmetros reológicos, de estabilidade elétrica e de filtração. Diante disto, pode-se concluir que os melhores resultados de limite de escoamento e volume de filtrado foram alcançados pelos fluidos de razão óleo/água 60/40, enquanto que as viscosidades aparente e plástica foram alcançadas pelos fluidos de razão óleo/água 70/30. Fluidos de razão óleo/água 70/30 produzidos com emulsificante natural a base da borra de óleo de soja são mais estáveis nas condições de temperatura de 65,6 °C (150 °F). Assim, o produto deste estudo foi promissor para uso como emulsificante, sendo a formulação de fluido razão óleo/água 70/30, a que apresenta melhor interação.

Palavras-chave

Fluido de perfuração sintético; Emulsificante; Razão óleo/água.

Abstract

Within the oil industry, there are strong criticisms of the use and disposal of synthetic drilling fluids, as some of its components are toxic. In order to circumvent this impasse, it is sought to change its formulations through the additives. Thus, the objective of this work was to evaluate the influence of the environmentally correct natural emulsifier on different formulations of synthetic drilling fluids. For this purpose, fluids with different emulsifier and oil/water ratios were formulated and the rheological, electrical stability and filtration parameters were determined. In view of this, it can be concluded that the best flow limit and filtrate volume results were achieved by the 60/40 oil/water ratio fluids, while the apparent and plastic viscosities were reached by the 70/30 oil/water ratio fluids. 70/30 oil/water ratio fluids produced with natural emulsifier based on soybean oil slurry are more stable under the temperature conditions of 150 °F (65.6 °C). Thus, the product of this study was promising for use as an emulsifier, the 70/30 oil/water ratio fluid formulation being the one with the best interaction.

Keywords

Synthetic drilling fluid; Emulsifier; Oil/water ratio.

Referências

1 Thomas J. Fundamentos de engenharia de petróleo. Rio de Janeiro: Interciência; 2001.

2 Machado J. Reologia e escoamento de fluidos: ênfase na indústria do petróleo. Rio de Janeiro: Interciência; 2002.

3 Caenn R, Darley H, Gray G. Composition and properties of drilling and completion fluids. 6th ed. Waltham: Gulf Professional Publishing; 2011.

4 Leal C. Avaliação de emulsificante baseado na borra de óleo de soja para fluidos de perfuração sintéticos [dissertação]. Campina Grande: Universidade Federal de Campina Grande; 2015.

5 Petrobras. Emulsificantes de água em base parafínica EP-1EP-00028-A. Rio de Janeiro: E&P-ENGP; 2011.

6 Petrobras. Viscosificante para fluidos usados na exploração e produção de poços de petróleo e gás EP-1EP-00011-A. Rio de Janeiro: E&P-ENGP; 2011.

7 American Petroleum Institute. Glossary of drilling fluid and associated terms. 2nd ed. Dallas: API; 1979. (Bulletin D; no. 11).

8 Moreira G, Costa M, Araújo R, Girão J, Gracia R. Estudo comparativo entre novo emulsificante e produtos comerciais na estabilidade de fluidos de perfuração à base de éster. In: Anais do 4º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Petróleo e Gás (PDPETRO); 2007; Campinas, SP, Brasil. Natal: ABPG; 2007. p. 1-6. vol. 4.

9 Palma M, Giudici R. Copolimerização em emulsão de acetato de vinila e acrilato de butila com alto teor de sólidos. Polímeros Ciência e Tecnologia. 2006;16(4):269-275.

10 Silva C. Desenvolvimento de fluidos de perfuração a base de óleos vegetais. Natal: PRH ANP-14; 2003.

11 Ferraz, A. Manual de engenharia dos fluidos de perfuração. Houston, Te – USA: Divisão Magcobar Grupo Oilfield Products Dresser Industries, 1977.

12 Hyne N. Dictionary of petroleum exploration, drilling & production. 2nd ed. Oklahoma: PennWell; 2014.

13 Silva I, Costa J, Ferreira H, Neves G, Ferreira H. Organofilização de argilas bentoníticas com tensoativo não iônico visando seu uso em fluidos de perfuração base óleo. In: Anais do 19º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais (CBECiMat); 2010; Campos do Jordão, SP, Brasil. Campos do Jordão: CBECiMat; 2011. p. 344-352. vol. 19.

14 Silva C. Influência da incorporação de sólidos nas propriedades de fluidos de perfuração sintéticos [dissertação]. Campina Grande: Universidade Federal de Campina Grande; 2014.

15 Perez G. Estudo da estabilidade elétrica de fluidos de emulsão inversa usados para perfuração de poços de petróleo. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2008.

16 Minaev K, Epikhin A, Novoseltsev D, Andropov M, Yanovsky V, Ulyanova O. Research of inverted emulsions properties on the base of new emulsifiers. In: Proceedings of the XVIII International Scientific Symposium in Honor of Academician M. A.; 2014, Tomsk, Russia. Bristol: Institute of Physics Publishing; 2014.

17 Mendonça JMM, Amorim LV, Nascimento RC A M. Evaluation of the influence of the viscosifier on the properties of synthetic drilling fluids. In: Proceedings of the 24th ABCM International Congress of Mechanical Engineering; 2017; Curitiba, PR, Brasil. Curitiba: ABCM; 2017.

18 Mendonça JMM, Amorim LV, Nascimento RCAM. Influência da composição de fluidos de perfuração sintéticos formulados com emulsificante natural. In: Anais do 9º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Petróleo e Gás (PDPETRO); 2017; Maceió, AL, Brasil. Natal: ABPG; 2017.

19 Mendonça JMM, Amorim LV, Nascimento RC A M. Influência da argila organofílica nas propriedades de fluidos de perfuração sintéticos produzidos com emulsificante a base da borra de óleo de soja. In: Anais do 23º Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais (CBECiMat); 2018; Foz do Iguaçu, PR, Brasil. Foz do Iguaçu: CBECiMat; 2018.

5e833a6c0e8825753ba14d48 tmm Articles
Links & Downloads

Tecnol. Metal. Mater. Min.

Share this page
Page Sections