Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
https://tecnologiammm.com.br/article/doi/10.4322/tmm.00301002
Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
Artigo Original

IMPLANTAÇÃO DO BALANCED SCORECARD: O CASO DO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA DA CST

BALANCED SCORECARD IMPLEMENTATION: CST LOGISTICS’ DEPARTMENT CASE

Menezes, Marcelo Telles de; Queiroz, Daniella Gonçalves de B. S. de; Brito, Bruno Barboza; José, Alexandre da Silva D.

Downloads: 0
Views: 322

Resumo

As empresas brasileiras têm adotado, nos últimos anos, novas práticas de gestão para se manterem competitivas, dentre as quais o Balanced Scorecard (BSC), desenvolvido por Kaplan e Norton, em 1992, se destaca. Nesse sentido, a Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST) iniciou o desenvolvimento e implantação do BSC em 2002. Após acompanhar a execução da estratégia em nível coorporativo por dois anos, iniciou-se o desdobramento do BSC para os demais níveis hierárquicos, para melhorar comunicação e acompanhamento da estratégia. O Departamento de Logística da CST iniciou, no segundo semestre de 2004, o projeto de implantação do BSC. Foi formado um grupo de trabalho que aplicou a metodologia de uma consultoria externa contratada. Este artigo apresenta a metodologia adotada na implantação do BSC no Departamento de logística com ênfase no processo de desenvolvimento do Mapa Estratégico, dos Objetivos Estratégicos e dos indicadores, e na implementação dos mesmos, discutindo as principais dificuldades encontradas, as vantagens e desvantagens do método utilizado e os resultados esperados com o uso desta prática de gestão.

Palavras-chave

Balanced Scorecard, Logística, Implantação do Balanced Scorecard

Abstract

Brazilian companies have adopted in the last years new management practices to remain competitive, amongst which the Balanced Scorecard (BSC), developed by Kaplan and Norton, in 1992. In this direction, the Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST) started the development and implementation of the BSC in 2002. After tracking the strategy execution on a corporate level for two years, CST initiated the BSC deployment to lower hierarchic levels, aiming a better communication and tracking of CST’s strategy. CST’s logistics’ department initiated in the second semester of 2004 the BSC implementation project by setting up a work group which applied the methodology from a contracted external consultancy. This article presents the methodology adopted in the BSC implantation at the logistics department, with emphasis on the strategy map development, strategic objectives and measures, and their implementation process. Finally, it discusses the main difficulties encountered, the advantages and disadvantages of the method and the expected results of the use of this management practice.

Keywords

Balanced scorecard, Logistics, Balanced scorecard implementation

Referências



1 KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. The balanced scorecard – measures that drive performance. Harvard Business Review, v.70, n.1, p.71-79, Jan./Feb. 1992.

2 KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. The strategy-focused organization: how balanced scorecard companies thrive in the new business environment. Boston : Harvard Business School, 2001.

3 KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. A estratégia em ação: balanced scorecard. 3 ed. Rio de Janeiro : Campus, 1997.

4 SCHIVARTCHE, F. O mapa da mina. Revista Forbes. Out. 2002. Disponível em: . Acesso em: maio 2005.

5 BALANCED Scorecard Collaborative honra CST e GNP com o prestigioso Prêmio Hall Of Fame. Symnetics - Clipping. Disponível em: . Acesso em: maio 2005.

6 KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Having trouble with your strategy? Then map it. Harvard Business Review, p.167-176, Sep./Oct. 2000.

7 MENEZES, M. T.; MARTINS, R. A. ISO 9000:2000 e balanced scorecard: análise das oportunidades. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ENEGEP), 21., 2001, Salvador. Anais… Salvador : ABREPO, 2001.

8 MENEZES, M. T. Efeitos na medição de desempenho após a implementação do ERP: estudos de caso. 2002. 167p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção (PPGEP), Universidade Federal de São Carlos. São Carlos, 2002.
588696d47f8c9dd9008b4700 1573492069 Articles
Links & Downloads

Tecnol. Metal. Mater. Min.

Share this page
Page Sections