Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
https://tecnologiammm.com.br/article/doi/10.4322/2176-1523.1429
Tecnologia em Metalurgia, Materiais e Mineração
Artigo Original

APROVEITAMENTO DO REJEITO DAS INDÚSTRIAS DE BENEFICIAMENTO DO CAULIM PARA A PRODUÇÃO DE TINTA ECOLÓGICA À BASE DE TERRA

USE OF THE REPLY OF CAULIM’S BENEFITING INDUSTRIES FOR THE PRODUCTION OF EARTH-BASED ECOLOGICAL INK

Gislaine Handrinelly de Azevedo, Adriana de Fátima Meira Vital

Downloads: 0
Views: 605

Resumo

A pesquisa objetivou apresentar fundamentos práticos para embasar o uso do rejeito do caulim na confecção de tinta ecológica (geotinta), como alternativa econômica e sustentável. O rejeito do caulim foi coletado às margens da BR 230, próximo ao município de Juazeirinho-PB. A tinta ecológica foi preparada utilizando-se o rejeito, água e cola branca. Para verificação do potencial da tinta ecológica, foi pintada uma parede de alvenaria. Os resultados preliminares atestam que este resíduo caulinítico é uma excelente matéria-prima para fabricação de tinta ecológica, demonstrando, potencial para ser utilizado na pintura de paredes internas. Conclui-se que há viabilidade na utilização do rejeito do caulim como alternativa para a confecção de tinta ecológica, oportunizando novo direcionamento de uso desse material descartado no ambiente.

Palavras-chave

Rejeito de mineração; Caulim; Geotinta; Tinta ecológica.

Abstract

The objective of this research was to present practical foundations to support the use of kaolin waste in the production of ecological paint (geotinta) as an economical and sustainable alternative. The kaolin reject was collected on the banks of BR 230, near the municipality of Juazeirinho-PB. The ecological ink was prepared using the waste, water and white glue. To verify the potential of the ecological paint, a masonry wall was painted. Preliminary results confirm that this kaolinite residue is an excellent raw material for the manufacture of ecological paint, demonstrating the potential to be used in the painting of internal walls. It is concluded that there is feasibility in the use of kaolin waste as an alternative for the ecological ink making, providing a new direction of use of this material discarded in the environment.

Keywords

Mining waste; Kaolin; Geotint; Ecological ink.

Referências

1 Instituto de Pesquisas Econômica Aplicadas [página da internet]. Diagnóstico dos resíduos sólidos da atividade de mineração de substâncias não energéticas [acesso em 21 maio 2017]. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/ agencia/images/stories/PDFs/relatoriopesquisa/120814_relatorio_atividade_mineracao.pdf

2 Bitar OY. Recuperación de areas degradadas por lamineria en regiones urbanas. In: Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. II Curso Internacional de Aspectos Geologicos de Proteccion Ambiental. 0Montevidéo: UNESCO; 2002.

3 Anjos CM. Utilização de resíduos de caulim em tijolos de solo-cal [dissertação]. Campina Grande: Universidade Federal de Campina Grande; 2011.

4 Slack N. Administração da produção. 2. ed. São Paulo: Atlas; 2002.

5 Agopyan V. Prefácio da versão em língua portuguesa. Agenda 21 para a construção sustentável. São Paulo: S.D.; 2000.

6 Charter M, Clark T. Sustainable innovation: key conclusions from sustainable innovation. Farnham: University College for Creative Arts; 2007. [acesso em 12 maio 2017]. Disponível em: http://cfsd.org.uk/Sustainable%20 Innovation/Sustainable_Innovation_report.pdf

7 Felix U. Cidades sustentáveis e a Engenharia Urbano-Industrial. In: Conselho Federal de Engenharia e Agronomia. 61ª SOEAA - Semana Oficial da Engenharia, Arquitetura e da Agronomia; 2004; São Luís, Brasil. Maranhão: CONFEA; 2004.

8 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [página da internet]. [acesso em 16 abr. 2017]. Disponível em: www. ibge.gov.br

9 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 2. ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-SPI; 2006.

10 Vital AFM, Silva AL, Oliveira DS, Cavalcante FL, Farias JRM, Sousa MHS. Uso do solo na pintura de fachadas como inovação tecnológica e sustentável. In: Associação Brasileira de Cerâmica. Anais do 59° Congresso Brasileiro de Cerâmica; 2014; Aracaju, Brasil. Sergipe: ABCERAM; 2014.

11 Silva AL. A Geotinta no contexto da arte e da Agroecologia [monografia]. Sumé: Universidade Federal de Campina Grande; 2015.

12 Carvalho AF, Honório LM, Almeida MR, Santos PC, Quirino PE. Cores da Terra: fazendo tinta com terra. 2. ed. Viçosa: UFV/DPS; 2009.

5b8699060e8825e843e4c89d tmm Articles
Links & Downloads

Tecnol. Metal. Mater. Min.

Share this page
Page Sections